A nutrição da alma do contador de histórias

Livros nutritivos

“Patinhos feios” e “O murmúrio dos fantasmas” (idem), de Boris Cirulnik (Martins Fontes); “A arte de contar histórias” (Rocco)  e “Corpo em equilíbrio” (Cultrix), de Nancy Mellon; “Como um romance”, de Daniel Pennac (Rocco); “O que conta o conto?”, de Jette Bonaventure (Paulus); “Contos de fada vividos”, de Hans Dieckman (Paulus); “O dom da história”, “O jardineiro que tinha fé” , “A ciranda das mulheres sábias”; “Mulheres que correm com os lobos” e “Contos de Grimm” (prefácio e seleção), de Clarissa Pinkola Estés (todos da Rocco); “Contos de fadas” , de Oscar Wilde (Nova Fronteira); “Histórias do cisne” e “Histórias maravilhosas”, de Hans Christian Andersen (Companhia das Letrinhas); “O triste fim do menino ostra e outras histórias”, de Tim Burton (Girafinha); “O quarto do Barba Azul” (Rocco) e “103 contos de fadas” (Companhia das Letras), de Angela Carter; “Contos de piratas, corsários e bandidos”, “Contos, mitos e lendas para as crianças da América Latina” e “Contos de assombração”, de vários autores (Co-edição latino-americana / Ática); “Fábulas” de Esopo (Companhia das Letrinhas); “As mais belas histórias das mil e uma noites”, de Arnica Esterl (Cosac & Naify); “Palavra cigana”, de Florência Ferrari (Cosac & Naify); “Violino cigano”, “Nasrudin” e “A formiga Aurélia e outros modos de ver o mundo”, de Regina Machado (Companhia das Letrinhas); “O primeiro homem e outros mitos dos índios brasileiros”, de Betty Mindlin (Cosac & Naify); “Histórias de tia Nastácia”; “Histórias diversas” e “Contos de fadas de Charles Perrault” (tradução e adaptação), de Monteiro Lobato (Companhia Editora Nacional); “Histórias para crianças”, de Isaac Bashevis Singer (Topbooks); “Os príncipes do destino: histórias da mitologia afrobrasileira”, de Reginaldo Prandi (Cosac & Naify); “O dedo do imperador e outros contos japoneses”, de Cecília Casas (Landy); “Contos de Grimm” (2 volumes), adaptação de Ana Maria Machado (Nova Fronteira); “Novos contos de fadas”, de Terry Jones (Editorial Presença); “Assombrações do Recife Velho”, de Gilberto Freyre (Topbooks); “Uma ideia toda azul” e “Doze reis e a moça no labirinto do vento”, de Marina Colassanti (Nórdica); “Contos de fadas”, introdução e notas de Marie Tatar (Companhia das Letras); “Lendas brasileiras”, de Câmara Cascudo (Ediouro); “Um saci no meu quintal”, Mônica Stahel (Martins Fontes)…

Filmes vitaminados

“A marvada carne”, de André Klotzel; “O barão de Munchausen” e “Os irmãos Grimm”, de Terry Gillian; “Príncipes e princesas”, “Kiriku e a feiticeira”, “Kiriku e os animais selvagens” e “Azur e Aznar”, de Michel Ocelot; “A viagem de Chihiro” e “O castelo animado”, de Hayai Miyazaki; O estranho natal de Jack”, “Edward Mãos de Tesoura”, “A lenda do cavaleiro sem cabeça” e “A noiva-cadáver”, de Tim Burton; “O labirinto do fauno”, de Guillermo del Toro; “O contador de histórias”, de Luís Villaça; “O fabuloso destino de Amélie Poulain”, de Jean Pierre Jeunet; “Colcha de retalhos”, de Jocelyn Moorhouse; “Stardust, o mistério da estrela”, de Matthew Vaughn; “Sonhos”,de Akira Kurosawa; “A guerra do fogo”, de Jean Jacques Annaud; “A dama na água”, de M. Night Shyamalan; “Fanny e Alexander”, de Ingmar Bergman; “Feitiço do tempo”, de Harold Ramis; “O feitiço de Áquila”, de Richard Donner;  “Don Juan de Marco”, de Jeremy Leven; “Esperança e glória”, de John Boorman; “A era do rádio”, de Woody Allen; “Mary e Max, uma amizade diferente”, de Adam Elliot; “Coraline e o mundo secreto”, de Henry Selick; “9, a salvação”, de Shane Acker, “O corajoso ratinho Desperaux”, de Sam Fell e Robert Stevenhagen…


Anúncios

5 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Gabriel
    nov 01, 2010 @ 13:54:52

    Querida Eli,

    Amei sua lista de filmes. Que bom que a 1Lady in the Water’ está nele. Adoro os filmes do Shyamalam. Também adoro ‘The Village’ e o ‘Sinais’ pela história ao background.

    Estou amando ler esse web-site. Seus posts sao maravillhosamente bem escritos e quero MAIS!

    Bjs,

    Gabriel.

    Resposta

    • elianaatihe
      nov 01, 2010 @ 18:13:40

      Tb adoro os filmes do Shyamalan. Ele é profundo e muito original. Fico puta pq ele costuma ser espinafrado pela crítica tosca e previsível. Por isso
      mesmo vibro quando aquele cachorrão dos infernos come o crítico, no final de “A dama… “. Lavo a minha alma e acho que ele tb lavou a dele quando filmou
      aquela sequência. Vc viu “O último mestre do ar”? Estava passando em Paris, em julho, mas aqui mal entrou e já saiu para dar vez a algum blockbuster babaca.
      Li resenhas completamente desemparelhadas, umas ótimas, outras execrando o filme. Bjs e obrigada, querido.

      Resposta

      • Gabriel
        nov 01, 2010 @ 19:13:01

        Concordo completamente. Os críticos só enxergam o lado Hollywood dos filmes dele. O conteúdo e os detalhes muito sensíveis e preciosos ficam infelizmente esquecidos. Quero muito assistir o ‘O Último Mestre do Ar’. Também estou a procura do filme ‘The Happening’ parece mais ao estilo horror, mas quero as idéias criativas dele nos detalhes do filme.

        Li o post da história da Mulher-esqueleto e gostei muito. Sua versao é super rica e bonita de ler.

        Bjs,

        Gabriel

        PS: Quero mais ler mais, só me faltam 3 posts.

  2. darci
    nov 05, 2010 @ 13:49:55

    oie. Obrigada pela força!
    Como tudo passa, o desespero, que é inútil, tb passa. Nada como pedalar à noitinha cheia de vagalumes e cedinho qdo o tempo tá fresquinho. Tô adorando essa vida de aposentada-desempregada. beijimmmm.
    Vcs se animam a ver o Lou Reed? Corra comprar ingresso nos Sescs. Estarei lá no sesc Pinheiros semana que vem.

    Resposta

    • elianaatihe
      nov 08, 2010 @ 10:51:04

      O desespero é muito útil, embora seja desesperador, como seria de se esperar.
      Mas só quando a gente bate nele é que consegue pegar impulso para chegar ao outro polo, o da beleza.
      Não gosto muito do Lou Reed, embora goste das letras das músicas dele.
      Acho que vou passar´desta vez. Estou de ressaca de não ter conseguido ingresso para o Paul Macaco, mais meu estilo melacueca.
      Bjs

      Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: